MARIANGELA BARRETO
POESIAS E DELIRIOS
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
Esse silêncio oco este vazio
tudo parado no tempo, 
nunca pensei de viver assim
estagnada ameaçada assustada
sem poder avançar 
e realizar meus sonhos 
que tanto lutei pra conquistar.
E eis-me assim agora
imobilizada neste vácuo 
com medo do invisivel
que me apavora e me espreita,
enquanto isso
o mundo desaba numa tragédia 
futuristica  e sombria
nada banal
enquanto a morte ronda
e amontanham-se os corpos
milhões milhões milhões
e eu aqui trêmula entre o virus e o medo
me amparando no que me resta da fé
que me segura 
á beira do abismo...
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 09/04/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários