MARIANGELA BARRETO
POESIAS E DELIRIOS
Capa Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
Decidi parar com tudo, 
abrir janelas, limpar porões,
desfazer poesias,
apagar copias e paisagens alheias,
resolvi saber mais de mim,
olhar para dentro, incluir vazios rejeitados
abrir clareiras caminhar sozinha, 
mimar-me, enfeitar-me 
resolvi encontrar a paz,
acolher a luz e seguir viagem....
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 23/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários