MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Eu, um ser célula
gente, mente, ente
um ser multidimensional
reduzido a este involucro micro,
sem entender minha verdade plena
do que Eu Sou neste  universo onisciente.

Eu um ser célula despertante
emergente neste holos do qual sou parte,
onde perplexa me deparo com sensações,
mistificações,sentidos incompreendidos,ignorados,

Nesta metafora  me confundo,
quero a conexao com o todo
me entrego totalmente,
aqui e agora
renuncio aos enganos e comandos,
distrações da mente 
quero  a expansao e assim me lanço
eu, um ser celula ávida 
de vida e consciencia
reconhecendo-se...
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 16/09/2019
Alterado em 17/09/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários