MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Um silencio abusivo,corrosivo
leve e destoante, 
ressoa dentro de mim,
um cansaço estranho confunde
bloqueia meus sentidos
me sinto assim levitante, 
a mente se ressente, se retorce
observo simplesmente.
Não resisto ao som mudo que ressoa
ao eco misterioso me entrego,
me deixo ir como agua, como vento
sem direção ou julgamento
vou fluindo, corroida, envolvida
possuida pelo silencio
que me reconstroi
me reintegra sutilmente
e me sinto semente...
 
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 11/06/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários