MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Fim do ultimo ato, tudo acabado
a cortina baixou, a luz apagou
sozinha no palco ensaio um sorriso
é triste reconhecer no fim o fracasso
lembrar que tanto fez,lutando, vivendo
sem compreender, abrindo caminho na raça
na fé, fantasias banais, crenças impostas
armadilhas fatais me venceram...
Agora me vejo assim
mão vazias, vitimizada pelo medo,
de tanto que tentei e  acreditei
que poderia ser feliz 
Gostaria de ter coragem de virar a mesa
dar um basta, pular a cerca,pagar o preço, 
um dia quem sabe eu faça
antes que seja tarde para acabar a peça... 
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 30/01/2018
Alterado em 13/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários