MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Me permito ficar assim sem forçar 
sem julgar o marasmo,sem pressionar o tedio, 
sem maldizer o aparente vazio do silencio
que ensurdece mas nao me consome, 
me permito ficar assim, quieta, 
aproveitando a travessia do deserto
nesta paisagem árida, sol torrido
repleto de luz,
que me faz diminuir o ritmo 
aumentar a calma, a aceitação, a oração.
Não existe vento balançando folhas
também não existem árvores nem passarinhos
somente meu caminhar passo a passo
em direção a uma meta, meu destino
 eu vou seguindo,fazendo o caminho,
sem luta, sem expectativas, sem comando
vou seguindo, mergulhando para dentro,
caminhando, agradecendo,
meditando no silencio
simples assim...
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 05/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.