MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


No turbilhão do meu tempo,
êfemero eu sou
faço ajustes,sozinho prossigo
sigo meu rumo, busco a paz,
medito,canto mantras, respiro
me entrego ao fluxo, 
 existo somente  neste momento 
aqui e agora é tudo que há.

Meu destino é ser luz, 
esta vida é ilusão,
é passagem, é fugaz.. 
se  fujo de mim  me perco
em desvios tão vazios,
entre coisas tao banais.
Doutrinas, verborragias camufladas,
de entes doentes, carentes,iguais
é tudo ego, tudo dor,pesadelo,
curtidas, competição,fantasias,
vou em frente, eu quero paz...

 
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 08/11/2017
Alterado em 09/11/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários