MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Hoje me rendo ao retorno sensivel e sereno
do ser que sou, ser em mim inviolável, perfeito
não julgo, não penso, somente sinto
e transfiguro tudo que me consome,
sou cometa tardio, incólume fragmento dos deuses.

Dionisio me acolhe, sou sol, 
sou extase, tragedia e loucura
sou anjo caido, travestido de deus 
que hoje retorna do limbo
metamorfoseado de força e doçura.

Zaratustra me inspira, me comove
além de mim, além de si, o super homem
o impio sem virtudes, sem segredos
libertando-me das correntes 
por mim mesma forjadas,incautas,
...eterna mente! 
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 12/10/2017
Alterado em 03/11/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários