MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


E se tudo acabasse agora,
como seria o sonho, o tempo 
a ilusão?
Como saberia se valeu a pena
a chave, a chuva,
valeu o amor, o choro, o gozo?
Se tudo acabasse agora, assim
neste sopro sem chance 
sem grito, sem nome?
o que será de mim, da minha alma
da chama que reclama, que pensa
que acha que existe e que insiste
em continuar sendo, sentindo
que SOU, 
o que SOU?
 
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 10/10/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários