MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Quero amar, quero amar, quero amar
sentir a vida, o riso, o voo, o ar
quero romper a casca sair cantando ao vento
a canção que fustiga, enternece minha alma
como os tempos de criança
entre flores e alegria, rebeldia encantada.
Quero amar, quero amar, quero amar
e sentir o fogo  que não queima
que afaga  a fantasia, a bruxa e a fada
quero ser livre, desenhar mandalas,
brincar com  as cores,energia e o amor
e enquanto lá fora  o mundo se acaba, 
eu faço poesia com o Criador...
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 22/09/2017
Alterado em 22/09/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários