MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Meu coração está fechado,
trancado numa masmorra fria
na encruzilhada, eu somente
sem força,sem grito,ou alegria.

Dentro de mim um vendaval
destruindo, desmontando,desviando
noite, raios,angustias,tormentas
lágrimas na face eu chorando.

Espero um milagre,não vem
espero o sol, escondeu-se
tento a escolha, tropeço
na beira do abismo,o medo,
no meu pesadelo,o inferno.

Sinal vermelho, overdose
viciadas sinapses antigas 
anjo de asas partidas
aqui estou crucificada.

Não sou bom ladrão nem o mestre
sou somente alma perdida
doidivana, solitária, angustiada....
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 08/03/2017
Alterado em 08/03/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.