MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Assim perco-me na fantasia
e me distancio da poesia,
viro naufrago nos meus sonhos
entre lembranças perdidas e canções.
Rendo-me ao meu cansaço
quebro a resistencia 
aceitação é meu destino
agora sinto estranha paz
este deserto é meu caminho
meu exilio, minha saida
liberdade estranha desamparada
ritual de passagem desencontrada
o silencio me resgata,
e assim vou indo
ja não resisto somente sigo,
em frente sem  importar
para onde este caminho me leva
eu vou...

 
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 28/03/2016
Alterado em 28/03/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.