MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Faz-se tarde,
noite avançada
eu aqui e a poesia
na madrugada,
eu aqui me remendando
juntando cacos,
buscando força,
sem escolher palavras
escancarando o coração
Faz-se tarde,
e continuo aqui
sem querer parar,
sem pretensão,
o mundo dos sonhos
não me dá respostas
é tudo tão fugaz,
tão surpreendente,
tudo tão mágico
afinal estou dormindo
ou já estarei  sonhando?
e dai?
pouco importa...
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 13/11/2015
Alterado em 08/12/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários