MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Às vezes tenho pressa
de chegar,de acabar,
de vencer
e nessa pressa
desfaço a paz, a calma
me afundo na contradição
que destroi na minha alma,
a esperança de renascer 
saudar o sol,
recomeçar um novo dia.

Eu tenho pressa
de saber o fim do caso,
alcançar a meta,
desvendar o caminho, 
e nessa pressa 
perco de ver a paisagem
beber a água limpa da fonte,
disfarço assim a pureza  
do coração tão sensivel,
que só deseja
iluminar-se..
 
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 13/11/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários