MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


No meio do pesadelo eu desperto,
isto é um sonho mau, não meu destino,
posso voar, basta abrir as asas cansadas,
mas sem folego eu paro, olho o campo,
vejo corpos, cascas sem almas, ocos, vazios
faço silencio, não vou deixar rastro,
me retiro somente,
não olho para trás
avanço sem meta, sem nada esperar
vou em frente,
passo a passo avanço neste exilio,
já não fujo nem me nego a encarar o drama
não mais renego a realidade que me agride,
eu aprendo no silencio
que a vitoria não está na luta,  
a liberdade é a força da entrega,
e a ela me rendo sem combate,
sem guerra,sem embate,
sem disputa...  
 
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 13/09/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários