MARIANGELA BARRETO-
POESIAS E DELIRIOS
CapaCapa TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


É como tivesse algo faltando
um nó, uma letra, um ponto, 
um passo em falso que ameaça
o projeto,o ideal,o sonho. 

É sempre assim, mas eu vou indo
eu tento, me arranho,eu enfrento
encaro o medo, o sarro, o fracasso
eu caio, me humilho e levanto.

É sempre assim, mas não desisto
teimosa, persisto, me empenho
esta revolta surda me convence
a não parar de resistir
e não me rendo ...   

 
Mariangela Barreto
Enviado por Mariangela Barreto em 12/08/2015
Alterado em 13/01/2017
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários